quinta-feira, 23 de maio de 2013

Dentro

Eu só quero saber
Se alguém aí
pode ver
pode ouvir
pode sentir
pode decifrar
pode contribuir
pode sequer imaginar;
pode entender
pode acudir
pode aludir
pode amenizar
pode deduzir
pode - também - palpar
o que se passa dentro de mim.


Então permita meus passos,
dê os seus,
com pausas... compassos...
pontos.
Vírgulas,
e todos os possíveis achos;
Mas cuide do interior,
quem olha dentro de mim: só Deus.
É Ele quem sabe do meu íntimo.
 E por mais que eu seja ínfimo
Ele me ama de igual modo à você.
Lembre-se:
Somos tão grandes em ser pequenos
que a maestria que temos é de sermos tão nada.
Viu??

Se alguém aí souber
o que passa dentro de mim
permaneça sabendo - em silêncio -,
pois talvez ainda precise descobrir o dentro de si.

Marlon Cássio

sexta-feira, 8 de fevereiro de 2013

Queria!


Queria ser dono de mim, queria entender e organizar meus
[ anseios,
queria saber.
Queria ver as coisas com outros
[ olhos - menos melancólicos -,
queria dividir as circunstâncias e não 
[ sofrer antecipado,
queria enxergar.
Queria fazer melhor,
queria voltar atrás e fazer bem
[ melhor,
mas nem sei se há jeito,
 pois, por mais que tente, sou
[ assim: eu.
Mas eu queria.
Queria!

Queria sorrir por dentro,
queria ser bom!
Queria olhar nos olhos e sem medo acertar o tom
[ e também discernir.
Queria saber dividir, equacionar e não sobrar,
queria contribuir pra avançar,
queria ajudar.
Queria ser outro, embora queria ser eu,
queria ser mais,
queria não me conformar - e não me conformo -,
queria ir além de mim.
Sei que queria.
Queria!

sexta-feira, 28 de setembro de 2012

Quando vi a foto

  • Emaranhado de coisas!
  • Coisas uma, ou melhor, duas.
  • Um; os olhos: lindos, profundos.
  • Dois; os lábios, assim: únicos.

  •  Se o fato de ver já é sonhar
  • Minha ansiedade, ímpar, é tocar.
  • Tocar com gosto esses lábios
  • E me perder em grandes afagos.

  • Que fogo! Que mel!
  • Que brilho, que mistura.
  • Espero não misturar fel!

  • Quem dera não ser aventura
  • Pois isso já se tornou hell!
  • Que foto, meu Deus! Que loucura!

sábado, 25 de agosto de 2012

Ela partiu


Quantas fotografias espalhadas pelo chão?
Quantas flores arrancadas em vão?
Quantos sorrisos com emoção?
Quantos olhares sem explicação?
E quantas coisas pra o fim!

Quantas belezas vivi?
Quantos dias te vi?

Quantas vezes tremi?

Quantas vezes quis ir?
E quantas coisas em vão!

Como eram belos os dias

Carregados de todas as magias
De infinitas e meigas alegrias.
Regadas de puras energias,
Mas estraçalhadas ao pó!

Feridas como as de Jó,
Chagas da alma no pó
O sangue a ponto de dar nó
Tão frio, pois já era só
E só foram-se os dias!

Dias sem rima e sem cor,
Sem sorrisos e sem amor.
Já sem as flores e teu calor.
Dias costurados com dor!
E assim ela partiu...


domingo, 19 de agosto de 2012

As cores

Quais são as cores da ternura?
Quais certos existem sem pudor?
Vêm como ondas, numa visura.
São as cores do amor!

Quem disse o erro
Deve ter esquecido que o errar
É falta de zelo
Para o verdadeiro verbo amar.

Poesia num gracejo sei que há!
Melodia num sorriso me faz ver
Que para ser completo basta estar
Nos braços só de quem lhe merecer.

Não importa qual seja o tom
Não precisa ser par para ser
Mesmo que ímpar pareça não ser bom
Isso só um futuro irá dizer.

Marlon Cássio

terça-feira, 14 de agosto de 2012

Quem sabe?

Quem consegue dizer que no fim dará tudo certo? Quem pode afirmar que dar passos contrários sempre indica retrocesso em seu sentido literal? Possibilidades mil sempre há e, sendo assim, se afirmar como melhor caminho pode ser um tremendo engano. Dúvida maior é deixar ser guiado pelo vento: sem saber onde ir. Para isso é preciso ter coragem e uma confiança ímpar nele. Sabemos que em nossa vida, breve e passageira, podemos fantasiar tantas coisas, nos iludir, nos corromper e nos 'etceterar', mas ainda assim como rabiscos e anotações avulsas tudo se somará à folhas em anexo no nosso livro de vida, ao fóssil da nossa singela passagem por aqui. Então um questionamento brota em nossa psique: tanta complexidade é realmente precisa? Acordar numa manhã qualquer depois de uma noite qualquer e levar uma vida qualquer resultará em um fim certo: certamente qualquer também. Não louvo deixar as coisas por si mesmas, até porque isso refere-se à entrega de vontade, refiro-me a não queixarmos tanto do porvir que no momento de prepará-lo - no presente - estamos como quem dorme.

Que mistério é esse que ronda o homem. A vida, a escolha, o caminho. Quem sabe o certo? Quem sabe o valor? Quem sabe o segredo? Somos todos 'nenhuns' cheios de vários outros. Por isso sobre o futuro (o meu), as escolhas, os traços que ainda serão traçados, tudo, tudo, não sei. Quem sabe? Só Deus.

Marlon Cássio

terça-feira, 19 de junho de 2012

Palavras ao vento


Palavra pode
Palavra pedra
Palavra grande
Palavra sega
Norte e sorte
Vida e morte

Palavra linda
Que soa doce
"Doce menina",
"Menina doce"
A mim fascina
Mais bela ainda

Palavra vil
Cortou a alma,
Jogou sutil
Bem numa vala.
O enterro viu
Da sua fala.

Palavra simples
Que aprisiona
Cantada em timbres
Na mesma onda.
Palavras nobres
Que soam pobres.

Também liberta
O que acabou.
Palavra certa
Que libertou.
É uma porta
Que viva ou morta.

Nada igual
Percurso faz
O bem e o mal
Palavras mais
Singela e dor
Quimera e flor

Retrato velho
Passado incerto
Sorriso lindo
Ou morto feto.

Já não importa rima alguma
Se a palavra não é só uma
Palavras ao vento
Palavras uma
Jã não importa essa equação
Porque palavra é decisão!

Marlon Cássio

quinta-feira, 26 de abril de 2012

Manhã de descanso

"As misericórdias do Senhor são a causa de não sermos consumidos, porque as suas misericórdias não têm fim; renovam-se cada manhã." (Lamentações 3:21, 22)

Após uma manhã de mágoa pode se seguir uma tarde de mais mágoa, noite semelhante e assim por diante... Mas há quem procura investir em sentimentos novos, não se apegar à dores, à coisas que só pesam no coração e procura transformar a mágoa em oportunidade. Sim, oportunidade. Fazer dela a chance de amadurecer, de aprender e de crescer. Entretanto, para isso temos que esperar e descansar. "Enquanto eu descanso em Deus Ele me dá tudo o que eu preciso" como está escrito em Salmos 127:2. Deixar a correria, as diversas direções e o barulho para os cantos e centrar-se em um foco, um silêncio, uma coerência. Descansar em meio à tantas frustrações e dores é como passar por todo o peso das lágrimas noturnas e da madrugada, erguer os olhos aos céus e agradecer. Agradecer porque tudo se faz novo dia após dia e aquilo que é tão aguardado também há de se fazer novo. Ao ver o sol despontar o espírito relaxa, a promessa de mais um dia se faz e a esperança se refaz. Um novo sorriso brota tímido nos lábios e os olhos já conseguem ver mais. Assim se inicia um novo tempo. Tempo de descanso para agir. Manhã de descanso.

terça-feira, 24 de abril de 2012

Manhã de mágoa

Existem coisas que até tentamos ignorar e continuar prosseguindo, mas não há como deixar passar. Não mesmo! Viver é tão real, que de mágico só nossos sonhos. Cada dia que passa aprendo que o homem é mais complexo do que eu imaginava, e que - realmente - não posso me bastar de palavras, uma vez que elas também podem ser carregadas de tamanha baixeza. É incrível como nós, seres humanos, nos deixamos enganar pelas mesmas coisas. Levamos uma pedrada e a guardamos numa sacola, levamos outra e a juntamos com a anterior, mas chega um momento em que essa sacola não mais suporta tanto peso e se rasga. Não adiantou ajuntar pedras para evitar devolvê-las a quem nos jogou: essas pessoas não merecem nossa dor.Começar uma manhã com mágoa não é a melhor opção, mas é uma possível. Por que questionar, se estamos sucetíveis a tudo? Por que chorar, se a escolha de arriscar é tomada por nós, agentes de nossas próprias ações? Só o tempo para nos levar a entender tais atitudes, comportamentos. Tudo o que acontece em nossa vida nos leva a amadurecer mais, de alguma forma, ainda incompreensível mas nos leva. Enquanto isso... não importa o tamanho da queda, é na subida que se testa e estabelece a força.

Marlon Cássio

quarta-feira, 18 de abril de 2012

De volta à escrita

Parar na escrita é como parar no tempo: nada se produz, nada se diz, nada se mantém. Escrever, pra mim, é uma válvula de escape, é exercer a ação de exteriorizar o que está guardado no meu inconsciente e, mesmo que não seja tão atrativo aos possíveis leitores, para a minha pessoa é exercício. Exercício de descanso, de evolução, de amadurecimento, de prazer... Escrever é mais que escrever simplesmente. Escrever é lidar com a vida, com os sonhos. É tornar possível o que de alguma forma nos priva de procurar liberdade, é tornar palpável o que nos foge das mãos. É exteriorizar o íntimo - sem desmerecê-lo - e tentar alcançar, de algum modo, quem para um minutinho sequer e dedica-se à leitura: sempre um prato novo a experimentar...
Por estes e tantos outros motivos, quero voltar a escrever, sejam textos melodramáticos, textos esperançosos de uma manhã mais viva e um sol com mais brilho, poesias de métrica ímpar - com arranhos e escapadas - , sejam músicas que me encantam, sejam escritas simples e nostálgicas, mas que sejam! Pior que apenas ser é não ser nada...
Estou de volta para a escrita...

Marlon Cássio

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

Só o futuro

Ela esconde o rosto, ela chora,
ela vê o tempo passando e nada!
Nada mesmo, pois foi embora
embora a dor não passe, agora mata!

Águas paradas, folhas secas
Um soprar dizendo que ainda alcança
Pode prosseguir, pois ainda terá perdas
árduas e duras igual à morte.

Ela chora embora nada mata
Mas secas perdas alcança morte

Mãos melhores há de estar
Quando, enfim, pra cima olhar.
Dor maior há de ter,
nem por isso desistir de viver

A questão é prosseguir
Sem medo de perder.
Na conjugação do futuro
não se sabe o que ser.

Estar, olhar, ter, viver
prosseguir, perder, para ser: só o futuro...

Marlon Cássio

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

Por um momento assim (repost)

Com braços abertos e braços rendidos. Corpo entregue às ondas do vento.

Na sinfonia do espaço estamos nós, à procura de nosso ser em nós mesmos. Procuramos liberdade e segurança; desafios profundos e vitórias; ganhos sem perdas. Procuramos tanto e esquecemos de viver e exaltar os momentos que nos leva ao encontro do nosso íntimo.

Caminhamos atrás de um momento assim, um momento único e especial, sensível e palpável, incrível e verdadeiro. Por um momento assim, onde derramamos dentro de nós numa mistura de grandeza e particularidade nos sentimos à vontade e o que está ao nosso redor flutua. Voamos e não queremos mais pousar.

Esse momento de transe uma hora acaba e voltamos ao mesmo mundo e ao mesmo lugar, no entanto, voltamos à nos mesmos de uma forma inigualável. Sensação de bem estar não! Sensação de experenciar nosso interior! Para passar por um momento assim só quando verdadeiramento estivermos com braços abertos e braços rendidos. Corpo entregue às ondas do vento.

Marlon Cássio 
1ª publicação em 24/01/2011.
Para ver o pos original clique no título da postagem.

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

Se inspire num novo dia

 Seja renovado nessa manhã! Que a inspiração de viver esse dia já tenha brotado desde ontem e, se ainda não fluiu essa vontade, olhe para o céu e veja quão sortudo é você, de mais uma vez poder ver a luz do dia e saber que ainda pode conquistar o que tanto sonha, pois, por mais que diga não, a vida corre em suas veias! BOM DIA!!!
Se inspire num novo dia!

quinta-feira, 27 de outubro de 2011

Páginas da vida

As páginas da vida são cheias de surpresas. Há capítulos de alegria, mas também de tristezas. Há mistério e fantasia, sofrimento e decepções. Entretanto, não rasgue páginas nem pule capítulos. Não se apresse em descobrir os mistérios. Não perca as esperanças, afinal, muitos são os finais felizes, pois no livro da vida o autor é Deus e Ele está escrevendo uma linda história para você.

Muitas vezes em nossa vida pensamos que somos os piores e os mais infelizes, mas chega um momento em que vemos que tivemos grandes chances, grandes momentos e grandes alegrias. Pena que isso acontece, geralmente, muito tarde.

terça-feira, 25 de outubro de 2011

_________(lacunas)


__________ é odiar todas as rosas porque um espinho te feriu.
__________ é desistir de todos os esforços porque um deles fracassou.
__________ é condenar todas as amizades porque uma delas te traiu.
__________ é não crer no amor porque um deles foi infiel.
__________ é jogar fora todas as chances de ser feliz porque uma tentativa não deu certo.


Com o que palavra você preencheria as lacunas? Tolice, Loucura, Correto, Conveniente...?


Lembre-se sempre: haverá outra chance, outra amizade, outro amor, mas não outra vida.

Marlon Cássio

quinta-feira, 20 de outubro de 2011

Você já viu as luzes da cidade?


Sempre que leio um livro onde há a romantização da natureza e a exaltação do campo me comovo e viajo em meio àquela leitura. Confesso que sinto uma certa saudade do campo - onde vivi até meus onze anos - ao ler romances assim. Mas refletindo aqui, ouvindo músicas com uma temática que ressaltam a natureza, ao simples da zona rural transformada em romance comecei a visualizar uma contraposição entre campo e cidade. Tantas pessoas cirticam a maneira de viver na cidade - inclusive eu. No meio urbano existe tanta poluição, violência, marginalidade, fome, sem contar a vida corriqueira que todos levam(os). Entretanto, também existe o belo em algum lugar das ruas cimentadas, dos gigantescos prédios, da vida corrida dos cidadãos e das vielas engolidas pela metrópole.

Já parou a noite na cidade para admirar a beleza das luzes acesas? Aquele conjunto de pontinhos amarelos brilhantes formando uma grande paisagem já te chamou a atenção? Corremos tanto, para cima, para baixo, de um lado ao outro, e deixamos passar despercebido o que pode aliviar nosso cansaço, o que pode afagar nosso coração magoado de tantas falas que nos magoaram num dia tão cheio e frustrante. Precisamos, muitas vezes, nos refugiar em nós mesmos, porque até os próximos estão longe, cada um com sua ocupação. Existem momentos que foram feitos para olharmos para dentro de nós mesmos e isso deve ser feito em secreto.

viu as luzes da cidade? Parar para admirá-la e olhar para sua imensidão é um bom momento para reflexões, boas, construtivas, ou nem tanto, mas que, pelo menos, para ver como o tempo tem corrido e precisamos caminhar...

Marlon Cássio

quarta-feira, 5 de outubro de 2011

O Perdão

O Perdão - Ludmila Ferber e Ana Paula Nóbrega

"É preciso ceder para ganhar... É preciso pedir e dar perdão..."

Como é difícil perdoar e se sentir perdoado. Liberar perdão não é algo tão simples como muitos pensam. Na minha caminhada até aqui tenho visto que abençoar através do perdão, do dar perdão é algo tão significante, tão necessário e singular que se torna complicado compreender quando o perdão é realmente liberado. Desafio ainda maior é liberar perdão a sim mesmo, pois se quando perdoamos nosso próximo o abençoamos, logo, ao nos perdoar de algo mal resolvido, mal sanado, abençoamos a nós mesmos. Então porque demoramos de nos abençoar? O perdão faz mais forte o coração. Ele nos faz livres de amarras e faz de nós pessoas mais feliz. É dando e recebendo perdão que fortificamos nossos relacionamentos e para isso é preciso reconhecer o erro. Reconhecer nossos erros já é um grande passo, senão o primeiro. Dando que se recebe. Comecemos primeiro.

Marlon Cássio

sexta-feira, 30 de setembro de 2011

O amor não é daqui


O amor não é o que as coisas te proporcionam. O valor dele não é proporcional ao valor das coisas deste mundo. Ele é superior sobre todas as coisas, porque o amor não é tolo e nem passageiro. Este amor não viaja pelos corações, mas neles repousa fazendo morada permanente. Não foge em tempos de sofrimento, mas permanece como anestesia a qualquer dor. O amor não é daqui, ele é superior. Denise Zwirtes

By: http://buscaramarsalvar.blogspot.com


Clique no título da postagem e visite o blog Buscar. Amar. Salvar

terça-feira, 27 de setembro de 2011

Crianças, grandes adoradores

Abaixo temos 3 vídeos dos Jovens Talentos Kids, que além de cantarem muuuito, emocionam e passam unção. Se você ainda não viu, veja, e se já viu, veja de novo e receba uma nova motivação para louvar ao Senhor.
 Michely Manuely - Testify To Love

 
Jotta A. - Agnus Dei



Júlia Maciel - Nada Pode Calar Um Adorador

terça-feira, 20 de setembro de 2011

O Semeador de Estrelas

Existem momentos em nossa vida que por mais que queiramos não conseguimos enxergar o belo óbvio.
O Semeador de Estrelas é uma estátua localizada em Kaunas, Lituânia.
Durante o dia passa despercebida.

Mas quando a noite chega, a estátua justifica seu nome...
Que possamos  sempre ver além daquilo que está diante de nossos olhos, hoje e sempre.

"Às vezes, nossa vida é colocada de cabeça para baixo,
para que possamos aprender a viver de cabeça para cima."

terça-feira, 13 de setembro de 2011

Cadê a cor?

Parece que com o tempo as coisas deveriam ficar mais nítidas e fáceis de se separarem umas das outras, mas o que tenho visto é que as confusões só crescem, a nuvem de indecisões promete uma chuva tempestuosa e, no entanto, a terra das mágoas só tem rachado mais, abrindo buracos em seu manto roubando o direito de sementes de resolução brotarem.


Cadê a cor? Cadê a graça das coisas? Entre o querer e o porque está um banco de dúvidas e é nele que existem muitos sentados - unfortunately - esperando o dia ter cor e a ter coragem para enfrentar as questões. Está tudo cinza, porque a falta de inspiração não permite que os dias tenham a intensidade necessária para valorar seus tons. Cadê a Faber Castell da vida??? Precisamos pintar o azul do céu, o verde da nossa esperança, o marrom da fé, mesmo que o amarelo da adversidade, mas também o vermelho da vitória e o laranja da saída. O que não podemos aceitar é o cinza da mornidão, porque os mornos são vomitados e depreciados.

Marlon Cássio

quarta-feira, 7 de setembro de 2011

Ajuda-me a ver o amor que me desperta pela manhã

"Certamente que a bondade e a misericórdia me seguirão todos os dias da minha vida;" (Salmos 23:6a)

Precisamos abrir a janela de um novo dia para vermos as maravilhas de Deus a nossa espera. Precisamos nos descontentar com a visão fechada do nosso quarto frio, escuro e sem novidade de vida.
- Senhor, ajuda-me a ver Tua bondade e misericórdia todos os dias para comigo, mesmo sem merecer. Mas creio que em todas as coisa existem um propósito e no fim renderemos unicamente a Ti a honra e glória. Obrigado por minhas manhãs, tardes, noite madrugadas, do jeito que elas forem. Obrigado.

Marlon Cássio

Image by: www.irmaosdt.com

quarta-feira, 31 de agosto de 2011

Sol da Justiça

Mas para vós, os que temeis o meu nome, nascerá o sol da justiça, e cura trará nas suas asas; e saireis e saltareis como bezerros da estrebaria. Malaquias 4:2

Senhor, brilha sobre nós, nasce sobre nós tua luz, pois as trevas não cessam no meio do povo. Cura-nos. Ai!

quinta-feira, 25 de agosto de 2011

Amanhecer - repost

Amanhecer! Nunca saberemos o que virá após o surgimento do sol. Não saberemos se continuaremos vivos, se seremos felizes mais uma vez ou se seremos tristes mais uma vez. Quando o dia amanhece temos uma única certeza: a manhã chegou e a noite, talvez fria e longa, já se passou. Quando vemos o sol aparecer atrás da montanha não temos certeza de mais nada, além da de que temos mais um dia para viver, seja ele como for.

Na nossa vida, todos os dias e em todas as situações, acontece dessa forma. Em meio a tantos problemas, provações e batalhas não sabemos se desejamos amanhecer ou desistir. Quando as noites da nossa vida são tristes e chorosas podemos até pensar em desistir, mas não devemos. Quanto maior a luta maior será a vitória.

Tenho uma boa notícia para você que se encontra num lugar apertado, acordado numa madrugada da vida. Na Palavra do Senhor diz que o choro pode durar uma noite, mas a alegria vem pela manhã. Então não se desespere, vai amanhecer pra você também. Há esperança. Espere chegar o novo dia. Eu e você não sabemos o que vem amanhã, pode ser melhor ou pior que o dia de hoje, mas nunca será o mesmo, e mais, amanhá é dia de tentar concertar algo, de viver algo, sonhar algo, esperar algo. Novo.

Não vou me preocupar, vai amanhecer!
Não se preocupe, vai amanhecer!

Marlon Cássio

Clique no título da postagem e acesse à original, em 03.09.2010.

quarta-feira, 17 de agosto de 2011

Porque para Deus não haverá impossíveis

Ilustração: Alysson Tato; Fonte: http://portaldt.com/nao-havera-impossiveis/
 
A montanha é alta? As rochas são grandes? E a força para escalá-la, tem?
Por que será que quando temos uma adversidade grande todas as coisas conspiram contra nosso sucesso? As coisas perdem a cor, o chão se seca, o ar acaba, as forças não são repostas, a fome aumenta e a fé, a nossa fé, é provada a todo instante. Mas lá no intímo do nosso ser, no mais profundo, existem motivações que persistem, ainda que abaladas. Mesmo com nossas esperanças enterradas sob a terra seca e estéril precisamos crê na chuva de Deus sobre ela. Ah, querido(a) leitor(a), é tão difícil ter esperança nesses momentos, é tão difícil louvar na seca... Subir a montanha nesse tempo é doído e desesperador, mas impossível não. Podemos temer, mas incapazes não somos, podemos até estar desmotivados, mas destruídos não, acabados não, pois Aquele que começou a boa obra é capaz de terminá-la. Por que para Deus o nosso impossível se torna possível.

Jesus, porém, olhando para eles, disse: Para os homens é impossível, mas não para Deus, porque para Deus todas as coisas são possíveis. (Marcos 10:27)

Marlon Cássio

domingo, 7 de agosto de 2011

Cinderella - não perca nenhuma canção

 Steven Curtis Chapman - Cinderella

Mergulhando nessa canção - em sua melodia e letra - começei a pensar no quanto temos oportunidades de bailar na vida da forma mais graciosa que há e no entanto deixamos de dançar a dança da vida para assistir o brilho da valsa de tantos outros que por esse palco estreiam. É lindo aplaudir o que dança na pista da vida, mas você e eu, com certeza, também podemos dançar e antes que chegue a meia-noite, para que partamos para um novo plano, tenhamos gozado dessa dança. Deixemos as ondas do vento nos levar e, nos braços de Papai, bailarmos como preciosos bailarinos. O que tenho aprendido nesses tempos é que a vida é formada por passagens e se não vivermos cada uma delas não conseguiremos chegar à noção da valsa da vida.

 - Oh please, Daddy, please!

A solução para dançar bem no palco da vida é fazer nela os ensaios de sua dança magnífica e não temer ou se envergonhar de pedir ao Mestre dos mestres - o Daddy (Papai): - Please, Daddy, por favor, Papai!, para, então, nos guiar e nos ajudar a praticar nossa dança. Assim sermos exímios dançarinos dEle e antes do soar dos sinos anunciando a meia-noite porque a partir daí já não haverá mais tempo.

Marlon Cássio

quinta-feira, 4 de agosto de 2011

Jesus: o Príncipe da Paz



Porque todo calçado que levava o guerreiro no tumulto da batalha, e todo o manto revolvido em sangue, serão queimados, servindo de combustível ao fogo. Porque um menino nos nasceu, um filho se nos deu, e o principado está sobre os seus ombros, e se chamará o seu nome: Maravilhoso, Conselheiro, Deus Forte, Pai da Eternidade, Príncipe da Paz.
 Isaías 9: 5,6

quarta-feira, 27 de julho de 2011

Pai, começa o começo!

"Quando eu era criança e pegava uma tangerina para descascar  corria para meu pai e pedia : "- Pai, começa o começo!". O que eu queria era que ele fizesse o primeiro rasgo na casca  o mais difícil e resistente para as minhas pequenas mãos. Depois, sorridente, ele sempre acabava descascando toda a fruta para mim. Mas, outras vezes , eu mesmo tirava o restante da casca a partir daquele primeiro rasgo providencial que ele havia feito. Meu pai faleceu há muito tempo ( e há anos, muitos , aliás ) não sou mais criança. Mesmo assim, sinto grande desejo de tê-lo ainda ao meu lado para, pelo menos, "começar o começo" de tantas cascas duras que encontro pelo caminho. Hoje, minhas " tangerinas " são outras. Preciso "descascar" as dificuldades do trabalho, os obstáculos dos relacionamentos com amigos, os problemas no núcleo familiar, o esforço diário que é a construção do casamento, os retoques e pinceladas de sabedoria na imensa arte de viabilizar filhos realizados e felizes, ou então, o enfrentamento sempre tão difícil de doenças, perdas, traumas, separações, mortes, dificuldades financeiras e, até mesmo, as dúvidas e conflitos que nos afligem diante de decisões e desafios. Em certas ocasiões, minhas tangerinas transformam-se em enormes abacaxis... Lembro-me, então, que a segurança de ser atendido pelo papai quando lhe pedia para "começar o começo" era o que me dava a certeza que conseguiria chegar até ao último pedacinho da casca e saborear a fruta. O carinho e a atenção que eu recebia do meu pai me levaram a pedir ajuda a Deus, meu PAI do CÉU, que nunca morre e sempre está ao meu lado. Meu pai terreno me ensinou que DEUS, o PAI do CÉU, é eterno e que SEU AMOR é a garantia das nossas vitórias. Quando a vida parecer muito grossa e difícill, como a casca de uma tangerina para as mãos frágeis de uma criança , lembre- se de pedir a DEUS: 
"Pai, "começa o começo!". Ele não só "começará o começo" , mas resolverá toda a situação para você. Não sei que tipo de dificuldade eu e você estamos enfrentando ou encontraremos pela frente. Sei apenas que vou me garantir no AMOR ETERNO de DEUS para pedir, sempre que for preciso: " PAI DEUS, começa o começo!".
 
[ Autor Desconhecido, caso alguém conheça, por favor informe-me; recebi o texto por email... e gostei! ]
 
" Buscai ao Senhor enquanto se pode achar , invocai-o enquanto está perto ." ( Isaías 55:6 )

EXTRAIDO DO BLOG DA QUERIDA REGINA: ARTE / EDUCAÇÃO
FONTE: www.regbor.blogspot.com

Clique no título da postagem o visite o blog ARTE / EDUCAÇÃO

quarta-feira, 20 de julho de 2011

Feliz dia do amigo


Aos meu querido amigos, os que ombram e que estão comigo em todas as horas - apesar de, possivelmente, não serem muitos (kkk), Nathy, Lena, Johnata, Lucas, Ludi, Mayra, Clara, Elen, Drika - feliz dia do amigo. Dedico também a todos os belos amigos que conheci mediante ao blog, como por exemplo a Fernanda, Irismar, Roberto, Regina, Jão, Michelle, Joel, Israel, Anderson, Nay, Brenda, Alyne, Moacir... e vários outros que por aqui passam... 

FELIZ DIA DO AMIGO

Marlon Cássio

sexta-feira, 8 de julho de 2011

O caminho dos desejos (repost)


Desejamos tantas coisas. Desejamos felicidade, paz, amor, alegria, dinheiro, conforto, uma pessoa que nos complete, um sonho que não abrimos mão de maneira alguma. No entanto existem as pequenas pedras que aparecem no caminho dos desejos. Algumas grandes, outras pequenas, mas que nos incomoda e nos faz pensar na veracidade de tal caminhada, que nos leva a questionarmos se realmente vale a pena ou não prosseguir no caminho dos desejos.

São tantos os obstáculos que aparecem no caminho tentando fazer com que nós venhamos a desistir. A solidão, a dor, frustração, cansaço, o medo e tantas outras coisas nos deixam sem saber como agir. Engano nosso pensar que no caminho dos desejos só existem flores e lindas borboletas azuis, não pensando nós na possibilidade de haver vales sombrios, campos de batalha e lugares onde tudo parece estar escasso.

O que pensar? O que dizer? Aonde recorrer? Continuar ou prosseguir?

Não temos certeza alguma. Não sabemos se iremos encontrar flores ou espinhos, vitórias ou derrotas, lágrimas ou sorrisos. Sabemos que pode ser longo e doloroso. Temos conhecimento apenas das possibilidades.

A melhor coisa a se fazer no caminho dos desejos é descansar em Deus, é esperar, digo esperar não em relação a ficar parado, mas sim em confiar, trilhar o caminho tendo como única certeza a esperança. Conhecendo as possibilidades do surgimento de emboscadas, lutas e desafios enormes, mas a certeza da esperança, da confiança depositada em Deus.

Ao trilharmos o caminho dos desejos não apenas podemos conquistá-los como podemos alcançar desejos (sonhos) que jamais imaginamos. Temos a possibilidade de experimentar da vontade de Deus, que as vezes é diferente da nossa, mas que é a perfeita vontade.

No caminho dos desejos vale tudo. Vale viver, sonhar, planejar, esperar, confiar, lutar, enfim, só é inválido não passar por ele.


Marlon Cássio
1ª publicação em 06/08/2010. 
Para ver o post original clique no título da postagem.

segunda-feira, 4 de julho de 2011

1 ano ''a cada manhã''

Nesse mês de Julho o blog ''a cada manhã'' está comemorando um ano de existência. Aqui escrevi sobre tantos trancos e barrancos que puderam me levantar quando estava ''down'', que serviram de motivação para continuar tantas coisas, mesmo quando as circunstâncias diziam que não. Creio que, assim como falou comigo, tenha falado como cada leitor e blogueiro que por aqui passou. Que esse ano do blog seja o primeiro de muitos que virão com o foco principal de levantar o nome do único digno: Jesus.

Em comemoração a um ano, a partir de agora irei republicar algumas postagens que creio que já falou e há de falar no interior de muitas pessoas. No mais, só tenho de agradecer a todos que por aqui passam e deixam seu comentários. Que Deus os frutifique.

Marlon Cássio

quinta-feira, 30 de junho de 2011

Estar nEle



Não precisamos estar apenas com Deus, mas sim estar EM DEUS. Só nos sentiremos realmente bem e confortáveis quando estivermos nEle. Se alguém já lhe disse que é fácil estar em Deus saiba que essa pessoa não foi muito coerente. Mesmo sabendo que basta tomar a decisão de estar nEle para então sentir o gozo completo sabemos que essa decisão não é nada fácil de conseguir tomar e viver, por causa, não de um meio,
 mas sim dos meios que nos cercam. Não tenho nenhuma receita mágica a apontar para viver em Deus. Apenas sei que a receita verdadeira é ELE, e para tê-la é preciso buscá-lo.

Não se turbe o vosso coração; credes em Deus, crede também em mim. Na casa de meu Pai há muitas moradas; se não fosse assim, eu vo-lo teria dito. Vou preparar-vos lugar. E quando eu for, e vos preparar lugar, virei outra vez, e vos levarei para mim mesmo, para que onde eu estiver estejais vós também.
(João 14: 1-3)

Marlon Cássio

segunda-feira, 27 de junho de 2011

Conquiste o mundo

Como é difícil conquistar coisas significativas. Einstein fala de conquistar o mundo. Qual é o mundo que você quer conquistar nesses dias? Dos negócios, da aventura, do bem-estar, da saúde, dos relacionamentos...? Nesses dias onde só vemos maldade, amor-próprio e interesses é tão difícil encontrar um amor puro. Por isso é louvável sermos fiéis, tanto a Deus, a nossos irmãos, amigos, companheiros, amores... sejam eles quem forem, pois com essa motivação ao nosso lado e dentro de nós saberemos que será mais fácil tocar o céu e conquistar o que está preparado para a vitória. Vamos valorizar nossas conquistas, grandes ou pequenas. Vamos valorizar quem amamos e quem nos ama, pois são a chave para nosso amadurecimento.

Se prepare para conquistar o mundo.

Corramos atrás da conquista.

Marlon Cássio

quarta-feira, 22 de junho de 2011

Quando o difícil se torna impossível Deus começa a agir

Tempos de dor, tempos de reviravolta. Parece que não há solução, parece que é o fim. O que fazer? O que dizer? Como ajudar? Perdão, Senhor, por sermos tão incrédulos e não descansarmos na Tua vontade. É que ainda somos crianças e temos muito a aprender. Estamos aprendendo a viver (só não sabemos se da maneira mais correta).

"Jesus, porém, olhando para eles, disse: Para os homens é impossível, mas não para Deus, porque para Deus todas as coisas são possíveis." (Marcos 10:27)

"Porque para Deus nada é impossível." (Lucas 1:37)

sexta-feira, 17 de junho de 2011

Gratos por viver

Reclamamos tanto. Murmuramos tanto. Até quando!? Por que nos privamos tanto de deixarem as coisas acontecerem como devem? Vivemos tão ansiosos com o que virá, com o que faremos, com o porvir e deixamos de viver o agora. Esquecemos o presente para viver um futuro que não sabemos se ocorrerá. Por que? Sabemos que o amanhã é construído mediante ao hoje. E mesmo assim importamos apenas com nosso bem estar e esquecemos de tudo mais.
Quais sentimentos você tem manifestado nesses dias? Qual foi a última vez que você manifestou algum sentimento de gratidão à alguém? E a Deus? Temos tantos motivos para agradecer, entretanto solidificamos nossos corações e não nos rendemos aos gracejos da humildade. Precisamos agradecer até aos nossos inimigos, pois sem eles não nos reergueríamos mais fortes e determinados para continuar lutando, para prosseguir com mais sede de sucesso. Barreiras todos nós temos. É certo que haverão dias em que as barreiras serão maiores que as do dia anterior, mas pode ter a certeza, o alvo que está do outro lado a nos esperar será bem maior que o antigo. Logo, não adianta murmurar e sofrer, mesmo que doa. Têm dias que é quase impossível crer, quase impossível querer prosseguir em meio a tantas lutas, mas são com essas lutas diárias que construimos nosso caráter, nossa vida, nossa história. Quer construir sua história? Caminhe na adversidade. Quer ser vencedor? Lute. Quer que vejam sua estrela brilhar? Nunca esqueça de agradecer. É importante que sejamos gratos: gratos pelas oportunidades, pelos conselhos, pelas lutas que vêem. Não é fácil viver isso, mas é melhor sorrir depois das lágrimas do que jamais sorrir. Gratos, nem que seja pela a oportunidade de existir, e mais ainda de viver.

Marlon

terça-feira, 7 de junho de 2011

Selo Carisma - veja se teu blog está na lista


Esse selo é conferido aos blogueiros carismáticos, esses que com sua simpatia, mensagem e conteúdo atingirem a apreciação do público. O selo foi criado com a intenção de promover o reconhecimento por um trabalho que agrega valor à blogosfera.

É importante que quem receba o “Selo Carisma” e o aceite, siga algumas regras:

1. Exibi-lo no blog;
2. Apontar o blog pelo qual recebeu o selo;
3. Escolher outros blogs a quem deve oferecer o “Selo Blog Pop”.

Segue abaixo os blogs que selecionei:

http://dosonhosarealidade.blogspot.com/
http://irismaroliveira.blogspot.com/
http://andersong12.blogspot.com/
http://vivocomcristo.blogspot.com/
http://coisasdejao.blogspot.com/
http://joeljrroelles.blogspot.com/
http://meu-cantinho-e-minhas-coisinhas-prefe.blogspot.com/
http://blogdoisraelbatista.blogspot.com/
http://myguerreira.blogspot.com/
http://regbor.blogspot.com/
http://snsdeus.blogspot.com/
http://vidaalyne.blogspot.com/
http://blessedcristo.blogspot.com/
http://bmelomoreira.blogspot.com/
http://adriellefdias.blogspot.com/
http://amanda-ri.blogspot.com/
http://moacir-neto.blogspot.com/
http://milmosa.blogspot.com/

sexta-feira, 3 de junho de 2011

Relacionamentos

Ele reclama, finge e arde
Segura no peito o orgulho.
Ela, dura, triste e forte
Não quer fazer barulho.
Ele pensa em desistir
Ela logo em retribuir.

Uma outra chega exausta
Mas com sede de amar
A garota que a espera
Nem sequer lhe abraçar.
_ Uma dúvida que vejo
Por mim não há mais desejo.

Relacionamentos podem sim
Fazer um tudo no olhar,
Da simples rosa do jardim
À coisa mais bela que há.
Relacionamentos podem ser
De muitos, a esperança de viver.

Não te enganes com o que tu ouves
Nem sempre se pode confiar.
Saiba que nem tudo são flores
Nesse lance de amar.
Quanto mais se relacionar
Mais tu podes se frustrar.

Mesmo com lágrimas e sofrimento
Amar não é tormento.
Se dói ou se sangra
Não tenha medo de arriscar
A vida não é estranha
Quando há o que provar.

Imagem: capa DVD - filme: 'Orgulho e Preconceito'

Marlon Cássio

quarta-feira, 1 de junho de 2011

Se inspire na glória do Senhor


A cada manhã surgem motivos diversos para continuarmos renovando nossas motivações. Existem dias em que amanheço com uma vontade de escrever, e quando começo a redigir algo perco a inspiração. No entanto, há momentos no meu dia em que brotam palavras do meu léxico que podem produzir novidade de vida, ou que de alguma forma possa motivar alguém a olhar a vida com bons olhos. Ultimamente tenho visto tanta gente com sentimentos de tristeza, desmotivação, colocando um olhar tão "pra baixo" de suas vidas. A Bíblia, diz em Isaías 60:1 que a glória do Senhor vem nascendo sobre nós, a Palavra também diz que as misericórdias do Senhor se renovam a cada manhã sobre nós. Bem, se Sua glória vem como luz e nos resplandece, não há motivos para abaixarmos a cabeça e nos escondermos num quarto escuro. Vamos deixar Sua glória brilhar em cada nova manhã. É nEle que encontramos inspiração para escrever, compor, cantar, sorrir, enfim, crescer em harmonia consigo mesmo.

Marlon Cássio

terça-feira, 31 de maio de 2011

Depoimento da professora Amanda Gurgel


Professora Amanda Gurgel silencia deputados em audiência pública.
Depoimento resumindo o quadro da educação no Brasil.
Educadora fala sobre condições precárias de trabalho no RN/BRASIL. Assista esse vídeo e tire suas próprias conclusões.

segunda-feira, 30 de maio de 2011

Alvo do Teu milagre


Alvo do Teu milagre
Brenda
Composição: Anderson Freire

Sei que sou comum | Mas não quero ser, Senhor, uma vitrine | Só de coisas naturais | Faz da minha vida | Uma amostra grátis de milagres sobrenaturais | Não vou, Senhor, me limitar | Só no que já ouvi falar de Ti | Faz um novo milagre em mim | Eu quero um milagre inédito | O impossível não vai me deter | Preciso de um milagre inédito | Pra que Sua glória possam ver | Não irei guardar segredos | Vou contar ao mundo o que Tu faz | Milagres nunca revelados | Coisas sobrenaturais | Quero ser o alvo do Teu milagre | Quero ser o alvo do Teu milagre | Nem olhos viram, ouvidos não ouviram | O que está preparado para mim. 

"Nem olhos viram, nem ouvidos ouviram o que está preparado para mim". Se quisermos poderemos alcançar extremos. Somos comuns, mas podemos fazer coisas através de um simples abraço, sorriso, afeto..., enfim, coisas singelas, mas assim estaremos sendo usados para transformar corações, basta ser carregado do amor do Senhor e não limitá-lo somente a nós.

Marlon Cássio

domingo, 29 de maio de 2011

Escolhidos pelo Seu amor




Contra fatos não há argumentos. Ele me ama, te ama, nos ama. Jesus morreu na cruz, de forma humilhante. Por nós Ele se fez pecado, maldição. Por nós Ele obedeceu a Deus. Jesus esvaziou-se de si mesmo e se entregou. Isso não é estorinha, isso é sacrifício. Mesmo sem merecer Jesus nos escolheu para amar. Somos escolhidos pelo Seu amor.

Marlon Cássio

sexta-feira, 27 de maio de 2011

Utopia


Utopia
Within Temptation
(Tradução)

O desejo ardente de viver e vagar livre | Brilha na escuridão e cresce dentro de mim | Você está segurando minha mão, mas você não entende | Então para onde estou indo, você não estará no final | Estou sonhando em cores de ter a chance | Sonhando de tentar o romance perfeito | Na procura pela porta para abrir sua mente | Na procura pela cura da humanidade | Ajude-nos, estamos nos afogando tão perto, por dentro | Por que chove, chove, chove em utopia? | Por que tem que se matar o ideal de quem somos? |Por que chove, chove, chove em utopia? | Como as luzes se apagarão nos contando quem somos? | Estou procurando por respostas não dadas de graça | Está se ferindo por dentro, existe vida dentro de mim? | Você está segurando minha mão, mas você não entende | Então você está pegando a estrada sozinho(a) no final | Estou sonhando em cores, sem limites | Estou sonhando o sonho e cantarei para compartilhar | Na procura pela porta para abrir sua mente | Na procura pela cura da humanidade | Por que chove? 

O que é uma utopia? A palavra de origem do latim tardio, foi forjada por Thomas More para nomear uma ilha ideal em A Utopia. Dicionários designam: País imaginário em que tudo está organizado de uma forma superior; sistema ou plano que parece irrealizável; fantasia.
Vivemos à luz de ideologias, ideais, utopias. Nos levamos ao desejo de conhecermos o fantástico, o maravilhoso, o perfeito, o superior... e são coisas assim que nos motivam a crer. Crer naquilo que pode ser sonhado. Mas acontece de existirem pessoa, que surgem no caminho para esse plano, tirando nosso foco. Nós, humanidade, caminhamos em utopia e por ela (e sem ela) lamentamos, sonhamos, desejamos, caminhamos.
Não sei discorrer sobre utopia, mas sei que temos ideais, sonhos de um plano maior e sublime quase irrealizáveis. Talvez possa ser fantasia, mas nesse mundo ao mesmo tempo que as coisas são concretas já não são mais.

Marlon Cássio

segunda-feira, 16 de maio de 2011

Quando eu chorar



Adicionar legenda
 Quando eu chorar - Bruna Karla
(Letra: Emerson Pinheiro)

 Deus, meu Deus
Tudo está tão difícil pra mim
Deus, meu Deus
Muitos me perguntam: Onde tu estás?
Dentro de mim
Minha alma se abateu
Mas Tua mão contudo me escondeu
Em Tua presença, oh Deus
Quando eu chorar, vou me lembrar
Que até aqui, Tua mão me sustentou
Digo a minh'alma espera em Deus
Pois ainda O louvarei, eu O louvarei


O que dói me você? Existe cicatrizes aí dentro do teu coração que ainda não foram totalmente saradas? Você tem vergonha ou medo de reconhecer isso pra si mesmo? Saiba que tu não és o único a precisar de cura. Todos os dias, milhões e milhões de pessoas se ferem emocionalmente. É amargura, raiva, angústia... Uma vontade de chorar, de gritar aos quatro cantos do mundo na tentativa de se aliviar e entrar num estado de alívio e sossego. Existem dias em que parece ser mais difícil ver o por do sol para recostar a cabeça no travesseiro e tentar acabar logo com aquele dia tão duro. Dá uma vontade de chorar e não parar mais, até que aquele sentimento sem resposta cesse. Uma vontade de ficar sozinho e junto, de viver e de se esconder...

Vamos nos apegar ao Senhor. Ele colhe nossas lágrimas, mesmo quando pensamos que não. Ele chora conosco, mesmo quando pensamos que estamos contra Ele. Ele espera nosso louvor em meio às lágrimas, pois alí, certamente, Ele operará. Não se esqueça, que quando chorarmos precisamos nos lembrar que até ali Deus tem nos sustentado e poderá nos segurar, ainda que as circunstâncias neguem.

Marlon Cássio

terça-feira, 10 de maio de 2011

Mãe, quero retribuir!

"Quero retribuir" é uma composição de Ana Paula Valadão em homenagem à sua mãe, sogra e à Ezenete Rodrigues , líder de intercessão do DT, e a todas as mães. Essa canção, de melodia ímpar e letra fortíssima nos leva ao reconhecimento do quanto somos abençoados por ter uma mãe que não mede esforços para nos ver crescendo dia após dia em estatura e sabedoria. Bem sabemos que não são todas as mães que fazem jus ao grande mérito de poder conceber, mas isso não impede de homenagear as que merecem e de retribuir a esse amor materno tão grande e inexplicável. Quero dedicar essa letra para a minha mamãe, minha avó, à uma amiga que ontem concebeu 3 crianças (eita mulher de força, 3 de uma vez só não é mole não - rsrs - é isso aí Simone, parabéns) e a todas as mamães. Mãe, quero retribuir!


Quero retribuir
(Ana Paula Valadão)

Mãe, como retribuir | Um amor tão grande assim | Que não mede esforços | Mãe, cada dia que passa eu vejo | Em sua vida um modelo | De dedicação sem fim

Na sua entrega eu recebi | Na sua renúncia eu construi | Na sua proteção eu me arrisquei | Brinquei, sonhei, fui criança | E agora, mamãe, quero retribuir

Mamãe, eu não teria chegado aqui | Mamãe, sem o seu amor por mim | Perdão pelas vezes em que não reconheci | Mamãe, quero retribuir

fonte imagem desenvolvida pela natura cosméticos: http://vilamulher.terra.com.br

Marlon Cássio

terça-feira, 3 de maio de 2011

Ainda que embaçado

"Porque agora vemos por espelho em enigma, mas então veremos face a face; agora conheço em parte, mas então conhecerei como também sou conhecido."
I Coríntios 13:12

Não consigo entender o fluxo da vida. Tem dias em que tudo é tão pacato, tudo tão normal. Outros dias já são carregados de peso, angústia, ou pelo contrário, leveza, alegria, pacificidade... Temos vivido dias de mistério. Todos os caminhos parecem desconhecidos, embaçados, cheio de surpresas que nem sempre são agradáveis. Acontecem tantas coisas que se tornam como enigmas. Enigmas esses quase impossíveis de desvendar. O que fazer? Seguir a luz do sol sem saber pra onde ir sentindo apenas o clarão da luz nos olhos? Sim!!! Não sabemos de onde vimos, para onde vamos, o que estamos fazendo, o que é correto fazer, qual caminho tomar... sabemos que para algum lugar estamos caminhando. É nesse meio que surge a crença. Crença em um futuro de paz, sem dores e sofrimentos, crença em um deus que trará alivio, descanso e respostas, e mais, a crença de estar no caminho certo. Ter a convicção de estar sendo guiado pelo Sol que não se põe, de no final ver um paraíso com flores, perfumes e borboletas pode ou não pode ser real. Crendo na Bíblia e no Deus das causas impossíveis que lá é visto - assim como eu creio - procuramos viver a certeza de que, mesmo vendo através de espelhos e enigmas, ainda que com uma visão embaçada e obscura dos mistérios da vida é importante manter essas crenças, essa força estranha que muitas vezes nos motiva e que talvez um dia fará com que nós vejamos face a face alguns desses segredos da vida.
Ainda que embaçado precisamos seguir uma luz, um sol. Não há porque descriminar qualquer crença que seja, é preciso respeitar, visto cada um tem sua certeza (ou não).

Triste pela morte do meu amigo Elbis. Na minha crença não vejo respostas para a morte senão pela permissão de Deus. Ele é o Sol que não se põe e no final de tudo estaremos diante dEle, face a face.

Marlon Cássio

sexta-feira, 29 de abril de 2011

Posso ver

Poder ver nos mais singelos momentos e nas coisas mais simples a doçura de conhecer Deus! São nos pequenos gestos que vemos Sua grandeza em nossa pequenez, Sua majestade em nosso viver. São nos mais diversos tipos de relacionamentos que podemos ver o agir da graciosidade da vida. Muitas pessoas só conseguem enxergar pobreza, mediocridade, mal e desgraça na vida que levamos diariamente, mas nunca se atentam ao belo, ao respirar, ao sentir o calor de um abraço, do mergulho profundo num olhar, na inocência de um olhar. É preciso crer nesses atos. É a nossa motivação que nos leva a perceber o lado bom ou ruim da vida. Vamos procurar o simples, pois é depois de vê-lo que enxergaremos o extraordinário. É nos simples que vemos Deus. Ele pode estar esperando abrirmos a porta da simplicidade. Somos pequenos, mas são nas pequenas coisas que podemos ver a mão de Deus.

Fonte imagem: www.portaldt.com

Marlon Cássio

terça-feira, 26 de abril de 2011

O novo

Como é viver o inesperado? Ou viver aquilo que já sonhou, mas nunca imaginou que aconteceria? Surpreso, sem palavras, maravilhado, atônito... descrever momentos únicos em palavras não é fácil, mas pra quê falar do novo quando ele é novo? Melhor é viver e se render.

São sensações nunca experienciadas antes. A sensação de estar numa bolha de sabão, por exemplo, que é linda e frágil simultâneamente, para depois, alternando da fragilidade para se agarrar no calor de um abraço, de uma confiança e segurança ímpar. Mas lidar com a novidade tão boa pode até nos trazer perigo. Sim, perigo. O medo de lidar com esse algo novo é grande pelo fato de ser tão perfeito, tão único e precioso. O medo de provocar descompasso nos sentimentos de quem você se envolve, o perigo de ferir, machucar..., mas o cuidado, o carinho, a vontade de experimentar mais e mais, de continuar bebendo dessa fonte e nunca mais deixar de dela depender, enfim, experimentar o novo ''é tudo'', e então não há como resistir e os medos se reduzem ao pó.

Viver assim, é tentar equilibrar o gozo de tudo o que está acontecendo com o possível escorrer dele entre os dedos da alma. Viver novidade é aprender que amadurecer não é sofrer e sim conhecer mais. Se conhecer, conhecer a verdadeira expressão de ser feliz, de fazer alguém feliz e poder sonhar junto é tremendo. Como é bom viver de verdade o sonho, de forma inesperada, nova, palpável e real.

Nem sempre viver o novo é totalmente bom, mas o que tenho vivido nesses dias é bom totalmente...

Marlon Cássio

segunda-feira, 18 de abril de 2011

O essencial é invísivel para os olhos




"Só se vê bem com o coração. O essencial é invísivel para os olhos"

(Antonie de Saint-Exupéry)





O que é essencial para você? O que lhe faz a diferença? Nesta manhã, dizer o que me faz a diferença e o que é essencial não é tão difícil. Essencial para a vida é a vontade de viver, não importa se estamos em casa ouvindo música ou se estamos numa balada, pois se tivermos o essencial...

Estamos cercados de pessoas por onde quer que vamos, seja na escola, faculdade, trabalho, igreja, evento..., no entanto, se sentir bem em lugares assim nem sempre é possível. Eu já me senti assim, quantas e quantas vezes estava na igreja cercado por inúmeras pessoas mas me sentindo sozinho, triste e esquecido. Demorei para descobrir que o essencial só era visto com os olhos do coração.

Este livro da foto, 'O Pequeno Príncipe', um livro conhecido com infantil, para criancinhas é um excelente guia para abrirmos nosso olhos, para então enxergarmos o quanto temos e somos sem perceber. Temos visto, pelo menos eu vejo, o quanto tem se mostrado pessoas carentes de afeto, muitas vezes gente de boas condições materiais. No entanto, tenho visto pequenas manifestações de expressão de afeto. Nesses dias tenho visto o quanto um simples abraço ou aperto de mão pode operar. Isso é porque existem pessoas (muito queridas) que não tem medo de demonstar que precisam receber carinho e dar carinho. Isso não é motivo de vergonha, risos ou vaias, mas sim de coragem de expressar o que sentem e o que vêem com o coração.

Somos responsáveis pelo que cativamos. Se amamos e somos amados não é apenas porque temos essa necessidade, mas sim porque queremos. Devemos nos orgulhar por termos amigos e revelar o quanto os amamos. Se você pensa que não tem ninguém para amar ou não é amado é porque ainda não abriu os olhos do coração para ver o que realmente é essencial...

Não tenha medo de viajar nos cometas, nem de enxergar com o coração...

"Tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas"
(Antonie de Saint-Exupéry)


fonte imagens: www.julilaurelin.wordpress.com & www.glamurama.uol.com.br


Marlon Cássio