sexta-feira, 8 de fevereiro de 2013

Queria!


Queria ser dono de mim, queria entender e organizar meus
[ anseios,
queria saber.
Queria ver as coisas com outros
[ olhos - menos melancólicos -,
queria dividir as circunstâncias e não 
[ sofrer antecipado,
queria enxergar.
Queria fazer melhor,
queria voltar atrás e fazer bem
[ melhor,
mas nem sei se há jeito,
 pois, por mais que tente, sou
[ assim: eu.
Mas eu queria.
Queria!

Queria sorrir por dentro,
queria ser bom!
Queria olhar nos olhos e sem medo acertar o tom
[ e também discernir.
Queria saber dividir, equacionar e não sobrar,
queria contribuir pra avançar,
queria ajudar.
Queria ser outro, embora queria ser eu,
queria ser mais,
queria não me conformar - e não me conformo -,
queria ir além de mim.
Sei que queria.
Queria!

Um comentário:

  1. Estou alegre por encontrar blogs como o seu, ao ler algumas coisas,
    reparei que tem aqui um bom blog, feito com carinho,
    Posso dizer que gostei do que li e desde já quero dar-lhe os parabéns,
    decerto que virei aqui mais vezes.
    Sou António Batalha.
    Que lhe deseja muitas felicidade e saúde em toda a sua casa.
    PS.Se desejar visite O Peregrino E Servo, e se o desejar
    siga, mas só se gostar, eu vou retribuir seguindo também o seu.

    ResponderExcluir