terça-feira, 3 de agosto de 2010

O amor de Deus

O amor de Deus é tão grande e tão forte que nem sei como poder descrevê-lo. É uma sensação maravilhosa, uma sensação de segurança, gratidão, honra em poder ser amado por Ele, alegria, poder... são tantas coisas que sentimos (ou que sinto, mas que em nome de Jesus você também sente ou sentirá) que acaba sendo difícil de descrever e mais fácil de expressar.

Ontem à noite pude experimentar um toque poderoso do amor de Deus, Ele me envolveu com tanto carinho e cuidado que fiquei até sem reação diante DEle, pois sou tão falho, pecador e mais uma vez Deus me mostrou que o Seu amor é maior que o meu pecado e a minha dor, que quebra todas as correntes e toca quem ninguém quer mais tocar.

Ao postar esta mensagem me lembrei de uma linda canção que se chama 'Estou aqui - Rota 33'. É uma canção que toca muito e fala do amor de Deus que mais uma vez diante de todas as vezes que falhamos brilha em nós e clareia nosso viver nos revelando o Seu amor e nos deixando sem saber como explicar o motivo de tanto. Ainda fala que nem a luz do sol e todo seu resplendor não se compara ao brilho desse amor poderoso e que Ele sempre está com Sua mão estendida para nos confortar e dizer: "Estou aqui!".

O amor de Deus não dá pra explicar, mas é bem melhor assim,pois esse amor redentor deve ser sentido, visto e vivido e não explicado. É melhor na prática que na teoria.

Veja o vídeo e a letra dessa música. Que Deus possa nos revelar dia-a-dia Seu infinito amor.

http://www.youtube.com/watch?v=wDPvEoT5CJY&feature=related

Estou aqui Rota 33

O amor de Deus brilhou pra mim
Clareou o meu viver, eu sei
Algo diferente em meu ser aconteceu
Não consigo explicar...

Luz do sol e estrelas em todo resplendor
Nem sequer se comparam ao brilho desse amor
Que tudo sofre, tudo espera sem reclamar
Se alguém chora, estende a mão e diz:
Estou aqui!

O amor de Deus não dá pra explicar
Mas é bem melhor assim, eu sei
Como é difícil amar alguém
Que um dia te humilhou!

Luz do sol e estrelas em todo resplendor
Nem sequer se comparam ao brilho desse amor
Que tudo sofre, tudo espera sem reclamar
Se alguém chora, estende a mão e diz:
Estou aqui!

Marlon Cássio

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário